quinta-feira, 17 de julho de 2014

Os Sabores do Egito

Quando se trata do assunto comida, o que sempre escuto é: "Chrys, você come muita esfiha e kibe ai no Egito?"... rsrsrs e sempre respondo a mesma coisa, "Nãoooo, aqui estes pratos
não fazem parte da cultura, aqui não tem!"; e também sempre acabo rindo das caras de espanto quando respondo isso.
Gente, sim, esfiha e kibe são pratos árabes, porém são da cultura libanesa e não egípcia. Temos no Brasil o hábito de acharmos que árabe é árabe (ué e não é? - kkkkk), que todos são de um mesmo país e tem a mesma cultura; mas não é bem assim, aliás é tudo bem diferente entre cada país árabe. Existem sim suas semelhanças e igualdades, mas no geral, as coisas são diferentes, na comida então, nem se fala. Ou melhor, que se fale, pois esse é o assunto do nosso post, a comida egípcia.
A primeira característica e a mais forte da culinária daqui é: PIMENTA! Quem pensa que comida picante é coisa de baiano ou mexicano é porque nunca esteve aqui!
Não sei o que colocam na terra aqui para que as pimentas sejam infinitamente mais ardidas.
A variedade é enorme e acreditem ou não, até o pimentão daqui é mega ardido e a pimenta do reino tem a ardência da pimenta malagueta que conhecemos no Brasil.
Com relação aos doces típicos, preparem-se pois são doces mesmo, bastante suculentos e cheios de calda, mel ou creme (ou ainda tudo isso junto)!!!
Konafa com creme
A culinária egípcia é bastante forte, pesada e eles adoram uma boa fritura. Logo no café da manhã, esqueça o pãozinho com manteiga e o café com leite...aqui o esquema é outro. Você encontrará em 99,99% dos lares o pão parecido com o pão sírio que conhecemos no Brasil, mas esse é fofo, macio e molhadinho; taamia que é o que vocês conhecem ai por falafel (bolinhos de grão de bico), que aqui são feitos com uma espécie de feijão e verduras, o que deixa o bolinho muito mais saboroso e macio, mesmo depois de frio. Queijo branco consistente porem cremoso, tomates, azeitona preta, omelete e ainda... batata frita (sim, batata frita - o povo aqui ama; você encontra até sanduíche recheado apenas com batata frita) E para beber, geralmente o chá predomina ou café árabe, mas um suquinho de frutas também é bem vindo (mas vejo muita gente no refrigerante - kkkkkkk).
Café da manhã - faltaram algumas delícias na foto.
Mas e os pratos tradicionais da cozinha egípcia? Se não é kibe e nem esfiha, então o que seria? São muitos e tem para todos os gostos. Vamos falar dos pratos típicos então? Bora galera que o rodízio aqui está liberado.
Taamia (Falafel) com molho de Tahine
Diferente do falafel que comemos no Brasil, aqui não é feito com grão de bico e sim com um tipo de feijão chamado fava. O que deixa a taamia muito macia. Ainda são acrescentados várias especiarias e temperos. Gente, nem se compara com o falafel de grão de bico...só mesmo experimentando essa maravilha para saber! Aqui é servido com molho de tahine (gergelim). Combinação perfeita.

Ful

Um tipo de feijão grande. Ele é cozido e processado (ou semi processado) com temperos diversos. Muito apreciado no café da manhã, mas vc encontra a toda hora e em qualquer lugar, assim como a taamia. Arrisco em dizer que estes dois pratos são os mais consumidos no Egito. A toda hora e em qualquer lugar.

Mahshi

Legumes recheados com arroz, cebola, alho, pedacinhos de tomate e outros legumes, mais muitas especiarias. Tem também a variação onde se acrescenta carne moída. Os legumes mais utilizados para se fazer o mahshi são a abobrinha, o pimentão, berinjela (aqui nós temos vários tipos de berinjela, até com a casca branca!), tomate e ainda a folha de uva e o repolho. Após recheados crús, vão para a panela e são cobertos com molho de tomate para cozinhar. Delícia!

Kofta

Mistura de carne moida, que pode ser de vaca, frango, carneiro mais temperos como pimentas, cominho, canela, zaatar e ainda cebola, alho, salsinha e sal. Essa mistura descansa por um tempo, assim todos os sabores se misturam. É geralmente servida grelhada no espeto.

Molokhia

Molokhia é uma planta muito conhecida em todo o oriente médio e ásia. Nutricionalmente, tem cálcio, ferro e fósforo. Por aqui é consumida em forma de caldo, que pode ser tomado como sopa ou ainda regando carnes e o arroz. Esse caldo tem uma consistência meio "peguenta", lembrando a baba do quiabo.
A molokhia é tão consumida por aqui que você encontra pacotes congelados em qualquer supermercado.
Folhas da molokhia

Shawarma

Aeeeee, esse com certeza vocês ai no Brasil conhecem - rsrsrsrsrs. O que conhecemos como churrasquinho grego, nada mais é que um prato árabe tradicionalíssimo. Também muito consumido na Grécia...É feito com carne de vaca ou frango e pode ser consumido em sanduiches, como petisco ou ainda como acompanhamento do arroz.  Agora vocês já sabem de onde vem esse sanduba tão apreciado no centro das cidades brasileiras!

Koshari

Vamos falar do prato, ao meu ver, mais típico do Egito. Super forte e pesado. Consiste em camadas alternadas de arroz, grão de bico, molho de tomate, lentilhas e macarrão. E por cima, rodelas fritas de cebola. Eu particularmente só consigo dar umas 4 garfadas e já estou mega satisfeita. Até delivery de Koshari existe.

Pessoal, existem vários outros pratos bem típicos por aqui, e comidinhas de rua então... trarei as comidas de rua em um outro post.
E agora, antes de terminar, que tal darmos uma olhadinha nos doces?!

Basbousa
Basbousa - bolo feito de sêmola e regado com mel.
Om Ali 
Feito com pão, leite, creme de leite, amêndoas, pistache, uva passa e muito açúcar e canela. Leva-se ao forno para gratinar. Para comer quentinho. Muito bom!

Ruzz Be Laban

Bem parecido com o nosso arroz doce, mas esse ainda vai baunilha e pode ser feito com a consistência cremosa ou mais durinha.

Konafa
Massa parecida com macarrão, dela faz-se vários tipos de doces. Desde o que conhecemos como nicho no Brasil, até a konafa recheada com creme e queijo.

Konafa com creme e queijo.
Assim como os pratos salgados, existem muitos outros pratos doces. Vou falando mais em outros posts. Deu para deixar a boca cheia d'água, né? Minha conclusão é que para não engordar aqui no Egito tem que ter muita força de vontade. Eu que o diga!
E antes de vocês me cobrarem as receitas disso tudo, já aviso que muito em breve teremos vídeos aqui no Blog. Estarei cozinhando e ensinando vocês a culinária árabe! Nem quero ver os micos que vou pagar! kkkkkkkk.

Salam pessoal, até o próximo post.

9 comentários:

  1. ADOREI TEU BLOG ! Vou seguir você. Um beijo grande do sul do Brasil. Boa sorte com os vídeos, me avise por Facebook quando estiverem disponíveis. Amo o Egito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Helena. Muito obrigada!!!
      Curta a página Ya Habibty no Facebook que estou sempre avisando dos vídeos e novas postagens do blog por lá.
      Meu muito obrigada por acompanhar meu trabalho e retribuo o beijo grande, agora do Egito pra vc.

      Excluir
  2. Oi. Fomos para o Egito faz pouco tempo e em Luxor comemos um doce redondo e empanado com um recheio. Proximo ao mercado O guia falou o nome mas não consigo lembrar o nome. E gostaria da receita para fazer em casa. o recheio tinha gosto de maçã. MUito bom. seu blog me ajudou bastante na viagem. SE puder me ajudar agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marielen, tudo bem?
      Puxa, difícil saber pela descrição? Era assado, frito? Regado com algo, tipo mel ou outra calda?

      Excluir
  3. vc tem alguma dica de doce do egito antigo facil de preparar?

    ResponderExcluir
  4. Está de parabéns....comidas típicas meu ponto fraco .... lindo de se ver e comer....

    ResponderExcluir
  5. Está de parabéns....comidas típicas meu ponto fraco .... lindo de se ver e comer....

    ResponderExcluir
  6. Parabéns!!! Vou acompanhar vc aqui e no face! Amei! E deu vontade de comer...viu rsrsrs

    ResponderExcluir

Comente e deixe também a sua sugestão para novos posts. O que você gostaria de ler?

Fique mais um pouco e leia também: